Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
As mãos que se lavam
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

Hoje sou eu, mas amanhã será você...


Diz-se no Brasil que por onde passa um boi certamente passará uma boiada. Interprete como quiser, mas isso, apesar da pobreza filosófica, traduz perfeitamente o que acontece no andar de cima do país. Como o afastamento ou qualquer outra medida cautelar contra os parlamentares só poderão ser decididas pelas Assembleias Legislativas, Câmara de Deputados e Senado Federal – foi o que absolveu o senador Aécio – todas as denúncias e investigações irão para a lata do lixo se os pares dos acusados assim entenderem. Prisão para eles só em flagrante delito.
Os especialistas em leis, tanto faz se contra ou a favor, tentam explicar ao cidadão comum, aquele que tem que obedecer e respeitar uma incompreensível punição por qualquer ato considerado ilegal. Será que o entendimento é suficiente para justificar a enorme diferença, quanto a punição, que há entre uma classe de pessoas e outras? Como se pode aplicar uma punição contra juízes, parlamentares, ministros do alto escalão, empresários poderosos e empresas privadas que abusam das leis? Qual instituição tem poder sobre eles? Haveria Justiça para isso?
Depois que abriram a porteira para liberar os deputados estaduais Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, que estavam presos por crimes investigados pela Operação Cadeia Velha... Adeus impunidade. Por que foram soltos? É a jurisprudência, estúpido! Sabe aquela palavra mágica que abre qualquer porta, inclusive a da cadeia? Isso mesmo! Para os leigos é como se fosse a velha e conhecida analogia. Se o parlamentar fulano de tal, que cometeu os mesmos crimes, está solto... Por que beltrano dos anzóis, por motivos semelhantes, está preso?
Para dar o indispensável verniz de moralidade e transparência, o que fazem os imaculados parlamentares? Colocam sob votação em plenário na respectiva Casa Legislativa – Câmaras de Vereadores e Deputados, Assembleias e Senado – o que o nobre, honesto e injustiçado colega merece dos seus pares? Isso é justo e democrático? Totalmente, desde que houvesse o espirito republicano para defender os interesses do povo. Mas com a maioria sob investigação e alguns envolvidos na Operação Lava Jato, não se pode esperar que a porteira se feche. Portanto...
A falta de bons exemplos, em todas as instituições que deveriam mostrar para que foram criadas, chegou ao ponto de deixar o contribuinte zonzo e desorientado sobre o que está acontecendo. Apelar para a mídia? Como, se a maior em atuação no país também está sob denúncias de corrupção? Exigir a privatização de tudo? Decepção maior ainda por causa dos escândalos investigados pela Operação Lava Jato. Recorrer à Alta Corte? Bobagem, os exemplos de soltura de condenados importantes não garantem o conserto da porteira escancarada. Saída?
Infelizmente, para aumentar a nossa indignação, o péssimo exemplo da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, a que decidiu pela soltura de Picciani e mais dois deputados comprovadamente corruptos, isso ganhará alcance nacional, ou seja, será estendido para todos os estados e Distrito Federal do país. Alguma dúvida? Jurisprudência ou analogia, não importa o nome que se queira dar, isso é mais do que certo que acontecerá. Sabe aquele dito popular de que “uma mão lava a outra”? A lista dos que absolvem corruptos aumentará exponencialmente.
Resta ao povo alguma alternativa para impedir o estouro da boiada através da porteira da Justiça brasileira? Ou a melhor opção é sair da frente e deixar que a vida siga o seu curso normal? Adianta lembrar aos estimuladores da impunidade que as eleições vêm aí? Isso pode até influenciar nas decisões de quem depende de voto popular, mas será que intimida os que não precisam da escolha do eleitor para usar uma caneta muito poderosa? Algum empresário corrupto poderoso, face a situação de desemprego no país, sofrerá retaliação popular? Isso aqui é Brasil!


J R Ichihara
19/11/2017

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZHKQ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.