Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
TIROTEIO EM SUTHERLAND, EUA : “O INIMIGO INTERNO”
Por: Antuérpio Pettersen Filho

TIROTEIO EM SUTHERLAND, EUA : “O INIMIGO INTERNO”
Por : Pettersen Filho
Repetindo rotina que já se tornou corriqueira nos EUA, apenas mais do mesmo, Atirador solitário executa 26 pessoas em Igreja de Sutherland, pequena cidade do Texas, trazendo a baila, mais uma vez, novamente e de novo, o debate, mais internacional, do que interno, sob a restrição, ou proibição do Porte Cidadão de Armas no País.
País assolado, vez ou outra por atentados terroristas, como o ultimo, em Nova Iorque, em que um Americano desajustado, fazendo referencia ao Estado Islâmico, atropelou, e matou, cinco Argentinos, em turismo pelos EUA, em suposta retaliação a bombardeios dos EUA no Iraque, Síria, Afeganistão, ou seja onde for, nos Golpes de Estado, Bombardeios Seletivos de Predador, e Insurgências patrocinadas pelos EUA, nos vários rincões do Planeta, segundo o melhor interesse que lhes convier, nem sempre por apego, ou amor a Democracia, que tanto pregam, mas por interesses mesquinhos, por minerais ou petróleo, ações assim, são realmente um risco que o País corre, totalmente impotente, mesmo possuindo a maior Força Armada do Mundo, e o livre acesso do Cidadão a armas.
Política de concessão ao Porte de Arma que emana da própria Origem e Libertação dos EUA da condição de Colônia Inglesa, quando um Grupo de Cidadãos como Washington e outros, armaram-se contra a Coroa Inglesa, até a libertação das 13 Colônias, a questão do acesso a armas advém do próprio Principio Federativo, e espirito indomável do Povo Americano, difícil de desassociar um de outro, vindo o próprio Presidente Trump, no mesmo dia, apressar-se em dizer que a questão alé não era a Lei de Armas, mas um problema de doença mental.
Tragédia que não deve ser a ultima, ora motivada por terrorismo religioso, ou por debilidade mental do protagonista que se habilita em realizar, também já ocorrida no Brasil em Cantagalo, Goiânia ou Januária, nem mesmo a Psicologia Freudiana consegue, às vezes, revelar a Alma Humana...
Adendo particular nessa ultimo caso, é que o Atirador, que acessou a arma utilizada para o Crime em cima do Direito Universal ao Porte de Arma, concedido a todo Cidadão Americano, que ora se discute retirar, foi contido, alvejado e perseguido por outro Cidadão Americano (Texano típico, chapéu de Cowboy, Bota Longa de Bico Fino e Cinturão de Couro, à moda Jonh Waine), e não pela Polícia, que ao deparar-se com a Tragédia, sacou da arma que também utilizava, com base na mesma Lei e Principio, que garantiram ao Atirador acesso, pondo fim a contenda.
Então, tanto lá, EUA, ou aqui, Brasil, viva Touro Sentado, Bufalo Bil, James West e a Lei do Velho Oeste Americano onde ganha quem saca primeiro...

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadão”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: NfHa (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.