Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
POLÍTICA DESNIVELADA E SEM JEITO.
Por: ANTONIO PAIVA RODRIGUES

POLÍTICA DESNIVELADA E SEM JEITO.

“Tudo se ajeita. No fim tudo termina bem. Com calma tudo se resolve e dá certo. Pense: “Não tenho que me aborrecer com isto, todo problema é solucionável”. O impossível só é visto pelos acomodados e pessimistas, e eu não faço parte desse grupo”. As coisas mudam para melhor à medida em que se acredita mais nessa mudança. Assim pensando, você não saberá o que é pensar negativo. “Nada é mais forte do que você.” (Valdemir P. Barbosa).

Política é como uma caixa de Pandora. Um artefato da mitologia grega, tirada do mito da criação de Pandora, que foi a primeira mulher criada por Deus. A “caixa” era na verdade um grande jarro dado a Pandora que continha todos os males do mundo. Pandora abre o jarro, deixando escapar todos os males do mundo, menos à “esperança”. E é nessa esperança que o brasileiro ainda se contenta, pois todos os males do mundo foram esbarrar no Congresso Nacional e até no Supremo Tribunal Federal (STF). Não raro, surgem nas fileiras políticas estudiosos afeitos a procurarem, de qualquer modo, a aquisição de poderes ocultos que lhes confira posição de salvadores da pátria. Comumente em tais circunstâncias, enchem-se das afirmativas de grande alcance. Poucos políticos brasileiros anseiam por melhorar-se, procurando um equilíbrio no desejo ou na intenção de trabalhar em prol da sociedade.

A intenção dos brasileiros é de manter em evidência a paz com belos propósitos de uma sociedade tranquila, e sem motivo para preocupações, mas na realidade a violência e a expansão da corrupção, e o desejo de salvar da justiça políticos condenados se torna o ponto forte dos que lá estão, mas não sabem fazer política e tão somente politicagem. Todos os dias novos casos de afanação de dinheiro público surgem enlameando mais ainda a politicagem que se pratica no País descoberto por Cabral. Na verdade quem descobriu de maneira desonesta o caminho para o “ouro brasileiro” foi o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. O intuito dos políticos aprendizes ou políticos novatos é não se entregarem a preocupações de notoriedades, devendo palmilhar o terreno dessas cogitações com muita cautela, no entanto, se veem pressionados por corruptos e se a ética não for usada rispidamente acabará se envolvendo com os ladrões de plantão. A moda agora é fora e dentro Aécio Neves, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu uma colher de chá para o Senado Federal, então os corruptos de plantão resolveram recolocar Aécio Neves no Senado Federal.

Qual a Justiça mais forte do Brasil? STF ou Senado Federal? É compreensível que o político se enriqueça e estude as leis para a sua boa aplicação, mas o mal continua predominando no território do Congresso Nacional deixando o povo brasileiro muito apreensivo. Brasil: a crise que desafia a democracia. Porque o atual momento estimula a volta de ideias autoritárias no País? Em meio a atrito dentre poderes, com Supremo e Congresso medindo forças, impasses do regime democrático brasileiro se agravam. De plataformas eleitorais autoritárias a movimentações nas Forças Aramadas, cenário é de preocupação. PSDB ataca Ciro Gomes e pressiona secretário tucano, após crítica a Tasso Jereissati. Presidente estadual do PSDB, Luiz Pontes rebateu críticas de Ciro (PDT) contra Tasso, afirmando que o pedetista cria “mentiras sem caráter” e que Maia Júnior não foi indicação do tucano para o governo de Camilo (PT).

O Secretário do Planejamento saiu em defesa do senador, citando que Tasso é “referência para o Ceará e para o Brasil” e “não tem nada a ver” com a sua ida para a gestão petista. Após ataques de Ciro Gomes PSDB reage a críticas e secretário defende Tasso. Em mais de três décadas de trajetória, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) coleciona tantos ex-aliados quanto partidos políticos. 1990- Juraci Magalhães. 2006-Lúcio Alcântara, em 2010 - Tasso Jereissati, em 2012 Luizianne Lins, em 2014 Eunício Oliveira e em 2016 Domingos Filho. “O PSDB é quem sustenta Temer, enquanto Tasso faz discurso contra, mas (Tasso) (...) tem secretário no governo do Camilo Santana. Como fica isso?” (Ciro Gomes (PDT) ex- ministro). “Ciro deu uma entrevista mentirosa, fez acusações gravíssimas ao senador Tasso Jereissati (...) mostra que ele não está preparado para disputar nada”. Luiz Pontes, presidente do PSDB-CE. “De maneira alguma (fui) indicado por Tasso. Fui convidado pelo governador, não por partido. Tasso não tem nada a ver com isso” (Mota Júnior (PSDB), secretário do Planejamento).

Ceará tem mais homicídios em 2017 que em todo o ano de 2016. Outubro ainda está na metade e o número de homicídios neste ano chegou a 3.417 no Ceará. Em todo o ano passado, foram registradas 3.407 ocorrências. Considerando somente agosto, Fortaleza registrou crescimento de 82,7% nas mortes violentas. A Reforma Política sancionada. A eleição que o Brasil terá em 2018. O presidente Michel Temer sancionou a proposta de Reforma Política, que, entre outras alterações, cria fundo de R$ 2 bilhões para financiar campanha eleitoral de 2018. O peemedebista também vetou artigo que permite censura nas redes sociais. Lula continua cercado pela justiça, e as investigações prosseguem. Testemunhas om colocam como operador das propinas. A Procuradoria-Geral confirma que o ex-presidente fez parte do esquema criminoso do Petrolão.

Provas se acumulam e o petista ainda desacata a justiça, o País se pergunta: até quando ele seguirá impune? Queríamos também saber. Como um País de dimensões continentais pode avançar política e economicamente com a maioria de seus políticos envolvidos em falcatruas, desde o Mensalão dos Correios até a JBS? Eles usam artimanhas mesquinhas para se defenderam, desde a obstrução da justiça, documentação falsa e falsos testemunhos. Documentos do processo contra Lula no Ministério Público dizem que o julgamento final será em novembro próximo. Esquema do ex-ministro Paulo Bernardo usou dinheiro desviado de aposentados para comprar videogame. Pode Freud? “O juiz Sérgio Moro e outros magistrados como ele têm se posicionado com suficiente independência para colocar fim nesse tumor que consumiu as riquezas do Brasil”. ( Ana Amélia-Senadora da República).

“Esse clima antipetista foi plantado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) ao longo de sua história, por se considerar melhor, mais honesto, mais puro que todos os demais partidos”. O TCU e TSER poderiam permitir que o eleitor fizesse justiça mais rápido do que os tribunais. (Mário Simas Filho). Só não virei testemunha de Jeová porque gosto de dormir até tarde. ( Fábio Porchat). Muitas das operações dos fundos de pensões foram lucrativas. Outras, como mostrado no caso da Postalis, foram desastrosos. (Murilo de Aragão). Mais uma de Lula. O ex-presidente integrou o esquema do Petrolão, operou propinas, obstruiu a justiça, foi criticado por ministro do STF e, já indiciado, vê o cerco se fechar com novos depoimentos bombásticos. Ao juiz Sérgio Moro, o publicitário Marcos Valério e os empreiteiros Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro acrescentam novas revelações que complicaram o petista de vez, mas ele na sua “ingenuidade” diz que será candidato nas próximas eleições.

A justiça brasileira para condenar pobre é rápida demais, mas para condenar um ex-presidente corrupto é lenta feito Bicho-preguiça. A esquerda gostaria até mesmo de um cadáver para expor em sua “instalação artística”. (Rodrigo Constantino). Um caso absurdo que se passou: “Se o STF não reverter à decisão que manteve os direitos políticos de Dilma estará consumado o atentado à Constituição Federal, que coloca em xeque a Lei de Ficha Limpa. Com isso, políticos corruptos e quase cinco mil servidores públicos demitidos por justa causa poderão ser beneficiados. Coitada da Constituição ele foi rasgada e enterrada para sempre, pois ela não é respeitada por ninguém. Sobre o impeachment de Dilma:” Parágrafo único: Nos casos previstos nos incisos I e II, funcionará como Presidente o do Supremo Tribunal Federal, limitando-se a condenação, que somente será proferida por dois terços dos votos do Senado Federal, à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função política, sem prejuízo das demais sanções jurídicas cabíveis.

Lewandowski assassinou a Constituição, antes rasgou a carta magna e não puniu como deveria a ex-presidente Dilma Rousseff. Que ministro é esse que não conhece a Constituição Federativa Brasileira? Tal atitude criou um clima de indignação entre juristas de todos os cantos do Brasil. Odebrecht cita Temer. Marqueteiro destrói Dilma. Além de denunciado pela Odebrecht e pela JBS e escapando dos tribunais Temer vem favorecendo políticos do seu partido e aliados para não perder o cargo de presidente do Brasil. É uma política suja, mesquinha e que envergonha todos os brasileiros. Por onde anda a ética de nossos representantes no Congresso Nacional? Foi morta e sepultada e o povo continua sofrendo com pagamento de impostos abusivos e reformas malignas na tentativa de taparem o rombo que eles mesmos fizeram. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- JORNALISTA- MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DO PORTAL CEN (LUSO BRASILEIRO)- DO RECANTO DAS LETRAS- DO PARA LER E PENSAR E DA ALOMERCE.




.

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: IUPa (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.