Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
Homens em transe
Por: Marlene A. Torrigo

Há muito a civilização apresenta-se arisca, agressiva e beligerante. Amiúde questiono: Por que o bicho-homem por mais que busque satisfação material, consolo espiritual, amor, paz e felicidade, mostra-se tão angustiado, tão cavernoso, tão embrutecido, comportando-se como se o mundo fosse acabar no dia seguinte? O que estaria causando à humanidade tanto descontrole emocional? Estresse, ansiedade, esgotamento físico e mental, antigamente considerados casos emocionais tratados com chazinhos quente e interação familiar e social, agora constam na lista de transtornos mentais e são tratados com psicofarmacos e bate-papo virtual, essa febre contínua.
Sabe-se que uma parcela significativa de pessoas usa drogas lícitas e ilícitas, provocando em si males irreversíveis. Também, todos possuem compulsões e existe uma imensa variedade de doenças neuronais e psíquicas, tornando todos impacientes, briguentos, irascíveis mesmo. Daí dizer-se popularmente, é cobra comendo cobra. Pessoas reconhecidamente ponderadas e educadas perdem o controle facilmente e muitas dardejam ira atômica para todos os lados. Amor, compaixão, perdão, benevolência... São belas palavras pronunciadas e mal geridas por todos, ditas da boca pra fora.
Divagando, veio-me a pergunta: estaria mesmo tudo o que comemos e bebemos nos brutalizando, desorientando-nos, ensandecendo-nos, devido à existência de componentes químicos em tudo? Afinal, nada escapa à transgressão química: água, bebidas, alimentos. Sim, substâncias químicas adulterando tudo o que nos nutrem podem estar provocando sérias disfunções no organismo humano e crianças estarão sofrendo com isso desde o ventre materno. Será o chumbo, usado desde a antiguidade e presente em tudo, a causa da violência infantojuvenil, como tentam provar os cientistas?
Por mais que selecionemos o que servir à mesa, conservantes, aromatizantes, corantes, fertilizantes, pesticidas, estão presentes em tudo que consumimos. Os animais sofrem exacerbada adulteração química. Nem o inofensivo ovo de galinha escapou. Na agricultura, para as hortaliças, frutas e legumes se manterem vistosos, haja agrotóxico!
Quando ainda não existia a parafernália eletrônica, donas de casa serviam almoços e jantares fresquinhos cozidos à lenha e/ou carvão. Atualmente, aquém de todo conforto tecnológico à cozinha, armários abarrotados de enlatados e congelados assegurando a “qualidade” de alimentos pré-cozidos fazem a felicidade de donas de casa ultramodernas. As ceias de Natal e Ano Novo podem ser armazenadas desde dois de janeiro. Que absurdo!
Um problema de monta para a civilização moderna tem sido a evolução do câncer de pele devido às lesões na camada de ozônio, capa de gás que protege o nosso lindo planeta azul de várias radiações. Como o mal já grassado, graças à louca lucidez dos lúcidos, o jeito agora é buscar paliativos que nos proteja da ira do deus sol, amém!
E ainda temos os medicamentos, que são drogas químicas. Além de precisarmos deles por necessidade, centenas de milhares de pessoas se entopem de remédios desnecessariamente, sendo que muitos desses fármacos detonam até estomago de dinossauro.
Ai ai, esse genocídio sutil à fauna e a flora, presenteando-nos com cânceres e toda amálgama de doenças! Sim, a flora também adoece, e cancera, graças à agressão ao planeta, posto que quase todos os organismos multicelulares podem cancerar.
Malefícios demais para a uma humanidade vulnerável, não é mesmo leitor? O que pretendem? Dizimar-nos?”

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cKWZ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.