A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Jornalismo
 
A DESORDEM POLÍTICA NO BRASIL CONTINUA
Por: ANTONIO PAIVA RODRIGUES

A DESORDEM POLÍTICA NO BRASIL CONTINUA

“Às vezes me afligem os problemas, deixam-me impaciente custa-me enfrenta-los, pois nem sempre sei como resolvê-los. Preferiria viver sem eles, mas não posso. Queria evita-los, mas continuam e do que eu tratei, sim, muitas vezes, foi de fugir deles. Contudo os problemas estão, continuam não se dissipam não se acabam, permanecem me perseguem. Que fazer?”. (Miguel O. Riquelme).

Se vista de esperanças, mas que sejam fortes esperanças, além de fortes concretas e verdadeiras. A esperança faz parte da vida hominal e triste daquele que a deixa morrer em seu coração. Não podemos ser dominados pelos problemas, pelas aflições devemos destruir todas as pedras de tropeços que encontramos pela frente e que nos impede de fazer algo em prol de bem e dos menos aquinhoados. Considere-se um ser forte capaz de solucionar qualquer problema tenha confiança nisso. Nós carregamos grande força doada pelo Divino e devemos facilitar a saída dessa força de nosso peito para tornar-se realidade e proporcionarmos alegrias, paz e contentamentos para nós e para outrem. Não desanime em buscar forças, confie, pois Deus nos deu essa força e ela não tem limites no que podemos fazer em prol do bem e de quem nós amamos de coração.

Na situação de sobressaltos, desesperança ou dor devemos nos lembrar dos poderosos recursos de ânimo, paz e solução, concentração dentro de você. Segundo Lourival Lopes Afirme a si mesmo: “Os meus recursos de inteligência e vontade tem raízes no mais profundo de mim e na divina ordem”. Fortíssimos, agem quando por mim procurados, atraídos, desejados. Uma vez em ação, produzem resultados maravilhosos e me conduzem a paragem não sonhada. Confio no potencial e nas minhas imensas reservas de amor e resistência, mesmo que tudo se mostre complicado, decadente sem solução. A sua ordem de ação mexe o íntimo das dificuldades. Confiança uma palavra forte, mas de difícil assimilação, principalmente quando o interesse é particular e benéfico para quem gosta de tirar proveito próprio.

Os que agem assim geram desconfiança da população e nesse rol poderemos incluir sem medo de errar a maioria dos políticos que estão no Congresso Nacional, alguns ministros, bem como a autoridade maior do Brasil, que quer se livrar dos problemas que ele me causou dando “esmolas” para que deputados federais votem contra a justiça e a seu favor. Isso mostra a conotação de um político corrupto que quer se livrar criando mais corrupção, isto é, usando o dinheiro público em benefício próprio, e mais corrupto ainda é aquele que aceita de bom grado. Desencanto com o Brasil – Instabilidade política, corrupção generalizada, desemprego recorde e falta de perspectivas destroem a confiança e deixam o brasileiro com vergonha do País. Devido à crise política o governo ficou desorganizado, a violência aumentou e quem domina atualmente o País são o Crime Organizado, aliado aos grandes traficantes de drogas.

Enquanto o crime está organizado o Brasil se desorganiza da vez mais. Ele não se emenda. Numa das reuniões, José Dirceu orientou os petistas a escolherem a senadora Gleisi Hoffmann para presidir o partido. Dirceu volta a operar nas sombras, enquanto não retorna ao cárcere, o petista age nos bastidores: recebe companheiros em casa, influi nas decisões do Partido dos Trabalhadores (PT), insulta a militância e mantém conversas de coxia até com o ex-presidente Luls Inácio Lula da Silva. Dirceu foi flagrado em festa junina em festa junina, há duas semanas, sentado próximo ao caixa dois. Um corrupto contumaz. –Em 2013, o ex-ministro José Dirceu foi condenado a sete anos e onze meses de prisão por corrupção e formação de quadrilha no caso do mensalão. – No final de 2016, o ministro do STF Luiz Roberto Barroso lhe concedeu perdão dessa pena. – Mas em 2015 o juiz Sérgio Moro condenou Dirceu a 20 anos e 10 meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha na Lava Jato.

Em março deste ano, Sérgio Moro condenou o ministro mais uma vez por corrupção e lavagem de dinheiro, desta vez há 11 anos e três meses. – No total, José Dirceu tem uma pena de 32 anos e um mês a cumprir na Lava Jato. - Mas em maio último, O STF mandou soltar Dirceu, entendendo que ele não apresenta risco de voltar ao crime. Está morando em Brasília, monitorado por tornozeleira eletrônica. – Pode voltar à cadeia a qualquer momento, pois aguarda o julgamento dos recursos às sentenças do Juiz Sérgio Moro que acontecerá no Tribunal Regional Federal da 4ª. Região (TRF-4). Recentemente por intermédio de uma mensagem gravada, José Dirceu enviou um recado à militância: “precisamos ocupar as ruas desse País.”.

A conversa entre Lula e Dirceu foi longa. O ex-capitão do time e o ex-presidente ainda tocam de ouvido. “Ele (Dirceu) contribui para as decisões do partido, mas de forma discreta” (Paulo Rocha, senador PT-PA). “Essa omissão foi um erro grave do PT, inclusive do meu amigo Zé Dirceu” (Chico Vigilante, deputado distrital (PT-DF)). Uma pergunta: Pode isso Arnaldo? As vésperas de deixar a chefia do Ministério Público Federal, o procurador-geral Rodrigo Janot usa de deboche, particulariza e adota um comportamento incompatível com o cargo. O bambu e a flecha – Janot está afinado com Fachin, que mantém em seu gabinete um juiz auxiliar que é casado com uma funcionária do procurador-geral. –Um procurador boquirroto. Frases do procurador-geral da República,

Rodrigo Janot, no 12º. Congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (Abraj) em 1/7: “Enquanto houver bambu, lá vai flecha”; “Não é possível que para eu pegar um picareta, tenha que tirar uma fotografia dele pegando carteira do bolso de outro.”; “Isso é um tipo de prova satânica, quase impossível”; “Não poderia deixar o crime em curso, cometido por altas autoridades”. “Não posso fingir que não vi”; “Se o MPF não pode oferecer imunidade ou redução de pena, vai oferecer o quê? Chamar os irmãos batistas e oferecer uma caixa de bombons Garoto, pão de mel e torresmo?”. “Temer eu não temo pela minha segurança, mas trato a coisa profissionalmente e passei a andar com seguranças”. Comenta-se que Rodrigo Janot acalenta o sonho de ser candidato ao governo de Minas Gerais. Ele nega. A agonia de Temer. – O presidente entra em campo, convoca deputados e renova promessas de liberação de emendas para conter debandadas no Congresso. Mas delações como a de Eduardo Cunha e de Lúcio Funaro e uma possível deserção do PSDB voltam a embaçar o cenário. Rodrigo Maia já se insinua no cargo. (Fonte: Revista “Isto É”.).

Lágrimas de crocodilo. - Geddel Vieira Lima pediu que o juiz Vallisney Oliveira substituísse a prisão preventiva por outras medidas restritivas. O juiz não topou e o ex-ministro chorou. O presidente do PSDB, Tasso Jereissati, fez uma defesa aberta do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Será mesmo a solução. Um presidente sob pressão: - O advogado Antônio Mariz entregou dia 5 à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara a defesa de Temer no caso da denúncia de corrupção passiva pelo procurador-geral Rodrigo Janot. Janot acusa temer de ser o beneficiário dos R$ 500 mil recebidos pelo ex-deputado Rocha Loures junto a executivos da JBS. A defesa de Temer, com 96 páginas diz que houve “açodamento dos investidores que abriram inquérito contra o presidente sem sequer haver verificação da gravação da conversa (entre Joesley e Temer)”.

– Mariz também afirma que houve “açodamento” do ministro Edson Fachin, do STF, que “sem maiores verificações e monocraticamente, autorizou a investigação”. –A defesa reitera a “inexistência de provas de corrupção passiva”. Diz que a prova está baseada em gravação ilícita. –O relator da CCJ, deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), tem cinco sessões para apresentar o parecer sobre a denúncia. O Plenário da Câmara decidirá se Temer deve ser ou não processado. Temer precisa de 171 votos para escapar da justiça. O destino de Aécio Neves: Absolvido no Conselho de Ética, o tucano planeja agora trabalhar por uma candidatura a deputado federal por Minas Gerais em 2018, adiando o sonho da presidência. O itinerário do tucano:- O senador Aécio Neves (PSDB-MG) responde a seis pedidos de investigação no STF por ter tido seu nome envolvido em delações da Odebrecht e da JBS.

Em junho último a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu que o STF abrisse novo inquérito contra ele por corrupção e obstrução de justiça no caso da JBS. – Aécio foi gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista pedindo dois milhões de reais para pagar advogados. A PGR pediu que o senador fosse preso e afastado do cargo. Aécio ficou suspenso do Senado por um mês, mas já foi autorizado pelo STF a voltar à função. O pedido de prisão ficou para ser analisado em agosto. Ele foi afastado da presidência nacional do PSDB. O Conselho de Ética do senado arquivou a petição de cassação de seu mandato. Deve ser candidato a deputado federal por Minas Gerais. Você votaria em condenado para presidente? Reflita, pense duas vezes, pois infelizmente não temos líderes para comandar o nosso já tão sofrido e combalido Brasil. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- DO PORTAL CEN (LUSO BRASILEIRO) – JORNALISTA - DO RECANTO DAS LETRAS- DO PARA LER E PENSAR E DA ALOMERCE



Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: WZEC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.