A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Jornalismo
 
O JANTAR SUSPEITO
Por: Afonso e Silva

Que o brasileiro é um povo desinformado isso é verdade, mas desinformação não significa imbecilidade. E é isso que Temer e Gilmar pensam do povo. Acham que a sociedade brasileira é idiota ao justificar seus encontros na calada da noite, especificamente para tratar de assuntos relativos à reforma política. Primeiramente penso que Gilmar não é tão importante assim para resolver questões em meu nome, em nome de meus familiares, meus amigos, meus colegas e meus vizinhos. Esse é um assunto que demanda consulta à sociedade. Quando o Brasil começar a discutir sobre esse assunto, ele deve ser trazido para discussão com os brasileiros, e, não com um bando de ladrões e corruptos como ocorreu no grandioso jantar que contou com o seleto grupo composto pelo “angorá ”, “bicuíra” ou fodão” (Eliseu Padilha); pelo “primo” (Moreira Franco) e pelo chefe “MT” Michel Temer do Planalto e pelo ministro anfitrião “mais onesto”(sem o h) do Brasil: o ministro , Gilmar Mendes que nas horas vagas serve de conselheiro e advogado de Aécio, Cunha, Temer, Moreira Franco, Jucá, Padilha, outros corruptos e ladrões bem conhecidos pela Odebrecht, JBS e por todos nós. A reunião foi literalmente feita por uma QUADRILHA e, na reunião, pode-se ter discutido de tudo, menos de reforma política. O prato principal certamente foi como fazer para livrar os ladrões das garras da “justiça”. Nisso o senhor Gilmar é PhD, haja visto o caso de Daniel Dantas e tantos outros. Pode ser que ninguém se lembra, mas...Fica uma questão: Como pode o presidente da república com seus asseclas e o presidente do tribunal superior eleitoral reunirem para tratar de assunto de tamanha relevância na informalidade. Inventem outra excelências...

No fundo, pouco ou nada se espera da “justiça”, principalmente depois do anúncio do Jornal Nacional que assisti agora, (30/06/2017), que o meritíssimo senhor ministro Marco Aurélio acaba de autorizar a reintegração do “mineirinho”, Aécio Neves, ao cargo de excelentíssimo senhor senador da república federativa do brazil (é minúsculo e com “z” mesmo). Fazer o quê? Bom. Alternativas para o povo até que existem. Uma delas é ficar caladinho relativo sobre o assunto como se nada estivesse acontecido; morrer pelo Corinthians, brincar com o celular, postar selfies no facebook com “autoridades’ e “artistas”; ou lutar com unhas e dentes por uma Brasília, capitais e cidades que realmente nos represente.

Haveremos um dia qualquer de perceber que votar sempre nos mesmo só nos trás regresso. Temos que nos conscientizar que ninguém, mas ninguém mesmo tem condições de nos representar a não ser àqueles que fazem parte de nossa vida, de nossa comunidade, de nosso cotidiano. É isso aí. Podemos e devemos mudar tudo. É nosso dever de cidadã e cidadão.

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: dSEV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.