A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
Petardo sobre Brasília
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

As profecias do senador Jucá sobre Aécio?


O final de ontem (17/05/17) e o início de hoje foi um petardo sobre Brasília. A divulgação de Lauro Jardim, de O Globo, sobre as gravações das conversas que os donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, mantiveram com o presidente Temer, assim como com o senador Aécio Neves, sacudiram o Alvorada, a Câmara de Deputados e o Senado Federal, que suspenderam as sessões. Temer teria autorizado a manutenção do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, preso na Lava Jato, em troca de propina. Aécio pediu R$ 2 milhões para sua defesa nesta operação.
A mídia, ávida por sensacionalismo, logo botou o time em campo. Mesmo sem a riqueza de imagens e detalhes que costuma fazer quando é contra o PT, principalmente se envolver Lula e Dilma, a população ficou sabendo que houve pedido de impeachment contra Temer e Aécio, além de busca e apreensão no gabinete e nas residências deste. Também já foi decretada a prisão da irmã do senador, Andrea Neves, que aconteceu nesta manhã em Belo Horizonte – MG.
Mas outro personagem chave neste escândalo é o deputado Rodrigo Loures (PMDB-PR) que seria o intermediador indicado por Temer para tratar o assunto do grupo JBS. As cifras envolvendo o caso são de espantar: R$500 mil semanais, durante 20 anos! A quantia era a contrapartida de um problema a ser resolvido junto ao CADE, com a J&F, a holding que controla o grupo JBS. Segundo a gravação, Loures deu o aval, mas isso só poderá ser explicado quando ele retornar da viagem que fez ao exterior. A oposição já pediu até o afastamento de Temer.
Cada denúncia envolvendo escândalos no país serve para aumentar a indignação contra as autoridades governantes. Por que usar o cargo para benefício pessoal e sacrificar o povo com arrocho nos investimentos públicos nas atividades sociais? Quem assistiu o Bom Dia Brasil de hoje pôde perceber uma clara intenção de desqualificar a JBS. Como se o toma lá dá cá, fosse uma via de mão única. A Miriam Leitão gastou alguns minutos enfatizando o crescimento do grupo ao longo dos últimos 10 anos. Mas como foi a evolução patrimonial do lado que pede? Portanto...
Uma parte da população se pergunta o que houve para a Globo mudar o foco dos ataques. O que está acontecendo? Temer e Aécio, até então intocáveis, não têm mais utilidade? Na mídia impressa, como a Veja, a mudança já provocou até crises internas, a ponto do colunista Diogo Mainard mandar o colega Reinaldo Azevedo dar a bunda. O motivo? Algumas críticas do Reinaldo sobre a conduta do juiz Sergio Moro com relação a Lula na Operação Lava Jato. Enfim, para quem gosta de ver o circo pegar fogo o momento é imperdível. Jucá disse que o Aécio era o próximo!
Diz-se que o brasileiro tem memória curta. Pelo sim, pelo não, é bom lembrar que a presidenta Dilma Rousseff foi afastada porque cometeu crime de responsabilidade fiscal que não ficou inquestionavelmente comprovado. Como não custa nada fazer um exercício imaginário, vamos lá: se o caso Temer fosse com ela, como seria a atuação da mídia? E do Congresso? Haveria uma incansável Janaína Paschoal para levar uma denúncia extremamente grave adiante? Quando soube das notícias sobre Temer e Aécio, disse esta jurista: “caia quem tiver que cair”.
Enquanto os cães ladram a caravana passa, diz o ditado. A sociedade tem de manter as atenções para as reformas que querem aprovar com prejuízos para o cidadão sem os privilégios de uma minoria. Com ou sem moral para isso, os parlamentares têm o poder de decidir o que é melhor para o país. Isso está nas mãos deles! Vai que o novo escândalo – apenas mais um dos inúmeros – sirva para desviar o foco e... Pá! Os corruptos e defensores de interesses particulares votam contra da classe trabalhadora que sustenta o país. Um duplo petardo é demais para o povo!


J R Ichihara
18/05/2017


Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: SCFW (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.