Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
Curitiba é o alvo dos holofotes
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

Uma pirotecnia desnecessária?


A audiência do ex-presidente Lula, marcada para o próximo 10 de maio, em Curitiba, causou alvoroço entre os favoráveis à condenação, assim como nos que são contra a forma que a Operação Lava Jato age com relação ao PT. Em oposição aos cartazes que dão boas-vindas à cadeia para o réu, os militantes prometeram acampar nas proximidades do prédio da Justiça Federal, local onde acontecerá o interrogatório. Até o juiz Sergio Moro, o símbolo desta operação, se pronunciou solicitando que as pessoas não compareçam ao local para evitar tumulto.
Para quem ainda não sabe, este depoimento é sobre a reforma do tríplex do Guarujá e o sítio de Atibaia. Antes de Lula foram ouvidos outros envolvidos. Depois que o ex-presidente da empreiteira OAS, Leo Pinheiro, disse que o apartamento pertencia a Lula, mas este pediu que as provas fossem destruídas, a expectativa de alguns dos seus desafetos, quanto à condenação, aumentou consideravelmente. Mas será que um alto executivo é tão ingênuo a ponto de destruir provas que o ajudariam no caso de problemas no futuro? Ou a sua resistência diminuiu?
Quando alguém se vê bombardeado incessantemente o comportamento pode mudar. Da mesma forma que a tortura psicológica destrói as integridades física e moral de qualquer ser humano normal. Lógico que uns têm mais capacidade de resistir que outros, mas dificilmente uma pessoa consegue manter uma firmeza inabalável depois de certo tempo sob condições adversas e inaceitáveis. Será que o Leo Pinheiro, que antes havia inocentado o Lula, chegou ao limite físico e mental? Igualmente, por que o Lula, já fala em prender os acusadores, caso não seja preso?
Sabe-se que em tempos de paz a fidelidade humana é muito diferente que num cenário de conflitos. Esta técnica foi muito usada pelos regimes totalitários quando queriam atingir os seus objetivos. Longe de enquadrar a situação atual da Lava Jato, com relação aos denunciados que se encontram presos, mas existe uma certa semelhança que pode ser levada em consideração. Dá para imaginar como se sentem os ex-executivos das grandes empreiteiras numa prisão sem o mínimo conforto? Quantos desprezariam os benefícios em troca de quebra de pactos firmados?
Os opositores de Lula falam que ele chegou ao desespero. Por outro lado, a sua defesa sustenta que estão fabricando versões sobre o Tríplex de Guarujá. O próprio Lula pediu que o depoimento seja gravado, mas isso foi negado pelo juiz Sergio Moro. Numa declaração pública o ex-presidente disse que quer derrotar o candidato da Globo nas eleições para a presidência da República. Disse, também, que vai regulamentar os meios de comunicação. Ou seja, parece que está em plena campanha eleitoral. Por que não regulamentou nos oito anos que esteve no poder?
Neste ambiente tenso e altamente inflamável por causa das posições radicais das pessoas, não faltou mais lenha na fogueira. Seja por não concordar como a Lava Jato se conduz, seja porque querem desmascarar o juiz Sergio Moro, surgiram denúncias sobre a esposa deste, Rosângela Wollf, envolvida em esquemas de corrupção nas APAEs do Paraná. A rigor isso não tem vinculação alguma com a audiência do dia 10, mas, caso seja verdade, serve para desconstruir a imagem de seriedade e retidão que o juiz consolidou aos que acreditam nele. Há outros motivos?
Certamente o clima frio de Curitiba, nesta época, vai esquentar se a população não der ouvidos para o apelo de Sergio Moro, na próxima quarta-feira. Especular antecipadamente faz parte em se tratando de um caso desses, que envolve um ex-presidente da República, mas só depois da audiência e a divulgação oficial é que a população saberá avaliar qual dos lados (acusadores e defensores) sairá fortalecido. Ninguém no Brasil desconhece, pelo que tem declarado publicamente, que o Juiz quer condenar Lula à prisão. Que prevaleça a Democracia!


J R Ichihara
09/05/2017

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: PbGH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.