A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
A GRAVE GREVE DA POLÍCIA MILITAR DO ESPIRÍTO SANTO
Por: Antuérpio Pettersen Filho

A GRAVE GREVE DA POLÍCIA MILITAR DO ESPIRÍTO SANTO
Por : Pettersen Filho
Mais do que uma simples Greve, verdadeiro Motim que promete se alastrar por todo o Brasil, mais dia, menos dia, o Movimento das Esposas e Familiares dos Policiais Militares do Estado do Espirito Santo, bem nos remete aqueles dias de agitação Pré-64, que levaram ao golpe de Estado, e a quase saudosa Ditadura, em que a Desobediência Civil reinava na rua, as greves eclodiam, e as autoridades batiam cabeça, sem apresentar solução, onde funcionou a população como massa de manobra para escusos interesses políticos, que ora querem reeditar.

Contexto bastante diferente, já que não existe mais a Guerra Fria, e nem o Tio Sam para bancar o Golpe armado, nesse caso já dado, sem que se disparasse um só tiro, via impeachment de Dilma, noutra órbita, totalmente necessário, já que o PT no Poder trocou as mãos pelos pés, e desceu fundo no pote, não se imagina, como em 64, a Revolta dos Sargentos, cercando o Congresso Nacional, e nem é o Sr. Emílio, Presidente do Sindipol-ES, Sindicato da Polícia Civil, um Cabo Ancelmo implantado pelo Sistema, a inflamar os Marinheiros, pela Revolta, muito pelo contrário, assiste a Brava Família Militar se rebelar, enquanto, subjugado por um ou dois Deputados na Assembleia Legislativa, oriundos da Polícia Civil, apoiados por Hartung, arrecada algumas migalhas do Governo, pela traição a Categoria.

Governo Caudilho, já nos referimos a ele, Paulo Hartung: “GREVE NA PM DO ESPIRÍTO SANTO : PAULO HARTUNG, UM FÓSSIL VIVO...” (http://www.abdic.org.br/index.php/1597-greve-da-pm-no-espirito-santo-paulo-hartung-um-fossil-vivo ), se diz impotente, ou pelo menos, desinteressado em resolver o impasse...

Enquanto o Governo Federal se vê envolto em uma armadilha, o interesse dos Estados da Federação em delegar a União a administração, e cu$teio dos presídios, ante a suposta quebra generalizada de Estados e Municípios, desde a Matança em Manaus (http://www.abdic.org.br/index.php/1545-ppp-parceria-publico-privado-um-crime-por-detras-do-crime-em-manaus ), o Exército, que não é bobo, nem nada, no Rio de Janeiro e ES, já vai deixando as ruas, atônita a População:

Em nome do Pai, do Filho, mas não, em nome do Espirito Santo.
Amém!

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadã”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CUIL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.