Paralerepensar - Texto

Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Odion de Oliveira Monte
Publicações
Perfil
Comente este texto

 
Poesia
 
CROQUETE MELADO
Por: Odion de Oliveira Monte

Cidade pequena, descendo a ladeira, ruas encurvadas...
Desço, tentando encontrar o que não estava perdido...
Triste estava, num paraíso sombrio há muito esquecido...
Sem "GPS", bussola ou mapa, à vejo ali escancarada...

Minhas mãos suavemente deslizam, apalpando por inteiro...
Quase sem relva, mais próxima de uma floresta devastada...
Busco o sabor desesperado, como o pássaro carpinteiro...
Suas margens pressiona o rio que molha a boca encantada...

Como um homem peralta, que chora pelo agre-doce caramelo...
Meus lábios desesperados, degustam o mel do favo caramelizado...
A pequena cidade se inunda num dilúvio, deixando o chão molhado...
Chapas em brasa feito prensa, o rio forma um "croquete" melado...



 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: OTZM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.