Paralerepensar - Texto

Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Odion de Oliveira Monte
Publicações
Perfil
Comente este texto

 
Poema
 
DOIS CORPOS NO UNIVERSO
Por: Odion de Oliveira Monte

Em meio a um imenso Universo, do alto a Lua brilhando mais que as infinitas estrelas;
Como paparazzo, com sua poderosa lente nos fotografa infinitas vezes...
Sem nenhum pudor, sem medo das fotos que estarão arquivadas no arquivo das nuvens...
Nos amamos como dois titãs, nossas bocas encaixadas, degustando a saliva do amor...
Livres como nascemos, encaixados côncavo e convexo como uma engrenagem perfeita...
Ao movimento do pistão vem a explosão, como uma máquinas perfeita...
Deslizo as curvas do seu corpo, feito louco sem direção, me protejo em seus braços...
lentamente estaciono em seus acostamento, deitada em meu peito...
Ao pulsar do meu coração, em meus ouvidos balbucia! Eu te amo...
Olhamos o infinito do universo, além da lua as estrelas a encantar...
Uma bela noite com suave brisa, dois corpos que se amam finaliza...

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: NIgU (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.