Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Elvio Antunes de Arruda
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Frase
 
VOCÊ É DIFERENTE?
Por: Elvio Antunes de Arruda


"QUEREM QUE SEJAMOS INDIFERENTES "IGUAIS, PORQUE OS DIFERENTES JAMAIS SÃO E SERÃO IGUAIS -Elank Lewer"

Aqueles que se julgam diferentes porque amam o poder, querem os outros sejam indiferentes e iguais ou desiguais diferença alguma faria, MASSA NÃO TEM TEMPERO. Igual é massa, para quem não é, tanto faz o tipo do tempero, não irá experimentar.

Quando se introvisa, se insere a igualdade em si, os desiguais e diferentes deslancham em seus objetivos. Sabem que não haverá concorrência.

Sociedade justa é quando os desiguais sabem que são desiguais,"tem seus direitos e DEVERES assegurados," e não são "mentipulados" usados pela mentira", os iguais preocupam-se com outros, todavia isso é mera utopia, pois os mamadores sociais, são os iguais e os desiguais, porque não tem senso algum de irmandade ou humanidade. Somos racionais?

Os átomos, a menor partícula da matéria, cede energia para o equilíbrio da matéria, olha o tamanho de um átomo, olha não, não dá nem para ver.

Somos aliados ou alienados? inviáveis ou enviáveis?

"O sabor da massa, depende do tempero - Elank Lewer".

DEFINIÇÕES REFLEXIVAS - GRANDES DETALHES
ELANK LEWER.


 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: dKUD (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.