Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Walquiria Rocha Machado
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Conto
 
Neta faz cada uma...
Por: Walquiria Rocha Machado

Como eu trabalhava em escritório próprio, minha neta caçula na época, ficava comigo na parte da tarde, pois ia para a escolinha de manhã e minha filha trabalhava período integral. Como morávamos próximas, então eu fechava o escritório e a levava comigo até a mãe buscá la. Não preciso explicar o quanto eu me desdobrava a tarde inteira para trabalhar e cuidar dela dentro do escritório sem atrapalhar o andamento e a rotina

A partir dos anos em que ela foi crescendo, eu ia mudando a tática do que ela podia fazer para passar o tempo. Eu imprimia desenhos para ela pintar e recortar, dava rascunhos para ela grampear, papeis para ela carimbar, e assim por diante...

Ela tinha uns quatro anos mais ou menos, e resolveu que era cabeleireira, e assim me fazia tranças, enchia meus cabelos de enfeites e grampos, e eu me submetia a isso para que a tarde dela não fosse tão longa e vazia...

Certo dia imprimi uma borboleta da qual ela pintou de lilás, encheu de brilhos e resolveu que tinha que colocar na minha cabeça, dizendo que ficou tão linda, e ela fez para mim. Como eu estava de rabo de cavalo, permiti que ela colocasse a tal borboleta colorida e cintilante na minha cabeça com um grampo.

No final da tarde daquele dia, fechei o escritório e fui ao supermercado, notei que muitos me olhavam e eu achava estranho, mas segui até o caixa onde uma mulher me perguntou se eu trabalhava em escolinha infantil, eu disse que não e continuei o meu trajeto. Quando cheguei no meu apartamento e entrei no elevador que era espelhado, me deparei com aquela borboleta roxa cheia de glitter no meu cabelo como se fosse carnaval. Meu Deus que vergonha! disse a mim mesma, olhem só o que neta faz com a gente!

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: faRJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.