Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Walquiria Rocha Machado
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Conto
 
Feliz aniversário minha filha...
Por: Walquiria Rocha Machado

Feliz aniversário minha filha!
Hoje minha filha tão distante faz aniversário e eu choro... não se comemora esta data chorando, mas a distância e a saudade que ela deixou me aperta tanto o coração que meus olhos não conseguem parar de chorar...

Lembro dela tão pequena e tão cercada de mimos... depois a escola, as festas, os passeios e tudo vai se passando como um filme na minha cabeça. Ela é a raspinha do taxo, a minha caçulinha, tão mimada pelos irmãos, por serem muito mais velhos que ela, a tratavam como bebê

Recordo com o coração doído quando me separei e a carreguei comigo para enfrentarmos a vida e o mundo aberto que nos esperava... foram dias difíceis, anos complicados, pois ela tinha apenas doze anos e precisou aprender a ser independente muito rápido

Eu a levava para a escola e ia para o trabalho e me lembro o quanto ela arrumava desculpas para faltar... tinha dor de cabeça e de barriga todos os dias e eu ficava dividida entre o trabalho e ela, que odiava ir para a escola. Ela sentia falta do pai e dos irmãos que já eram maiores de idade e ficaram por conta da faculdade ou do emprego, por isso eu sai do interior e vim para São Paulo apenas com a minha pequena caçula...

Eu tinha que driblar a vida nova e difícil que eu estava enfrentando naquele momento e deixar transparecer a ela que tudo estava bem, mas não estava. Depois veio a adolescência e eu não me desgrudava dela, a levava em todos os lugares, depois a buscava...

Oh! Deus quantos apertos e sustos passei, depois que ela entrou na faculdade e começou a dirigir e sair sozinha, quantas noites em claro
esperando ela chegar nas madrugadas em que as horas não passavam e eu não dormia...

Muito cedo ela conheceu seu primeiro namorado de verdade porque antes eram só namorinhos e com ele ela se casou. Mas... alguns anos depois resolveram morar em Londres, e para lá seguiram a caminho da felicidade.

Hoje sei que ela não volta mais e que apenas vê la na tela é o que me restou... as vezes tenho uma vontade louca de abraçá la enquanto falamos, tenho saudade do seu cheiro, da sua rizada escancarada e das estrapolias que ela aprontava , mas agora vê la virtualmente foi tudo o que me restou...

Hoje ela faz aniversário, Parabéns minha menina! você cresceu e eu nem percebi, agora só me resta fechar os olhos e reviver tudo o que foi você na minha vida por tantos anos...

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ULeV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.