Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Escritor ADhemyr Fortunatto
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Humor
 
O BODÃO PERDE O SONO...
Por: Escritor ADhemyr Fortunatto

PUBLICADO EM NOSSA COLUNA DO JR NOTÍCIAS, SÃO PAULO - SP - março/2018.
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Estou tentando dormir... Está havendo um show sei lá do que aqui perto... A música está altíssima! Todo mundo parece animado. Já soltaram fogos, até!
Agora, para completar, ouço um gato gemendo também... E é claro que os cachorros começaram a latir por isso.
Quando começar um tiroteio e um disco voador pousar aqui na minha rua, soltando luzes e barulhos estranhos, não vou ficar admirado... (kkk...).
Noite passada, foi um cavalo que prenderam aqui por perto, e o coitado ficou relinchando durante a noite toda...
Às vezes há um doido que começa a fazer discursos! Também ouço a voz dele durante o dia; mas, convenhamos, à noite todo o barulho se torna maior, devido ao silêncio que supostamente deveria haver.
E outra: dependendo da posição em que durmo, tenho pesadelos.
E os meus pesadelos estão sempre relacionados com aquilo que detesto --- trabalhar...
Ó, às vezes tenho pesadelos que estou numa agência de empregos, apresentando currículo; outras vezes, que estou sendo entrevistado, e pior ainda, sendo contratado!
Há noites que sonho que estou comendo, e acordo com fome, e aí vou na geladeira, e não encontro nada. Só água gelada!
Aí chupo um cubinho de gelo, para enganar o estômago.
Há um pensamento em mim, que às vezes me assalta, que é assim: Ora, se não quero trabalhar, como vou ter coisas na geladeira?
Acho esse pensamento terrível, desnecessário, perturbador... af...
Certa noite sonhei que eu não era mais preguiçoso! E deu no que deu: caí da cama, e de preguiça dormi no chão mesmo! Ó, vida!...
===================================
Escritor ADhemyr Fortunatto
Outras histórias do Bodão você encontra em:
https://web.facebook.com/livrobodao/

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: MBOf (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.