Paralerepensar - Texto

Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

NÉLIO CARDOSO DE MEDEIROS
Publicações
Perfil
Comente este texto

 
Humor
 
Dama Miss Teriosa
Por: NÉLIO CARDOSO DE MEDEIROS


Em algum lugar desconhecido por nossos assíduos ledores, um casal discutia educadamente sobre a situação caótica dos animais perniciosos para a humanidade. Segundo Dona Francissoréia Calafange, o segredo para melhorar a situação dos bichos seria introduzi-los no Congresso Nacional. O marido protestou: - Seria uma grande ofensa aos animais. Conversa fica, conversa inútil vem e vai. A esposa pergunta à sorrelfa :- Soube do seu caso com uma mulher. A dama Miss Teriosa. - Dama misteriosa? - Agora sei onde você passa algumas noites. É na farra. Em motel. - Não passo as noites em motel. É na fazenda do Maestro Tocomóvisqui. - Você confessa descaradamente para mim a sua traição? - Nada tenho a esconder de você. Por que faria isso? “Amôtê-lhe”! - Já pensou no futuro dos nossos cachorros? Se nos separarmos, o que poderá acontecer com os coitadinhos? Irão para as ruas. Serão apedrejados, dormirão ao relento. Morrerão à míngua. Boré Tucurunvá explicou:- Primeiro: Não vamos nos separar. Segundo: não conheço essa mulher. Terceiro: nossos cães dormirão no escritório do prefeito. Sou amigo particular dele. - Confesse então que existe outra mulher em sua vida. A dama Miss Teriosa anda por aí separando casais. Há muito fui alertada sobre ela no salão de beleza da Jaca. - Pensei no salão do Caju. -Quero a separação. Fico com os cachorros e você pode levar seu violão, sua tuba, seu gramofone e o dicionário de Latim. - E o meu livro predileto? A donzela e a cafetina? - Emprestei para um deputado. - Do Senado Federal ou da Assembléia Legislativa? - Do Senado. - Ainda bem. Ele comentou sobre algum capítulo do livro? - Não mude de assunto, quero saber quem é a dama misteriosa, ou você nunca mais ter sua cueca samba-canção de volta. - A vermelha com bolinhas brancas e verdes? Não faça essa desgraça. Ganhei quando o Bengalinha empatou com a seleção brasileira de futibol. Você sabe, sou pentacolor saudável. - Você quer mijar fora do penico! Poluir as ratazanas inocentes! Onde está essa misteriosa dama? Fale ou rasgo sua outra cueca samba-canção com o escudo do Fraldinha, do Peniquinho e outras com símbolos futebolísticos. - Não é mulher. É um artista transformista. - Transforma corruptos em honestos? -Já o contrataram para atuar no Congresso Nacional. - Meu amor, perdoe-me por desconfiar de você. Sinto ciúmes incontroláveis. Minhas vizinhas falam tanto nessa dama Miss Teriosa, que nem dormindo direito eu estava. Dias depois Dona Franscisoréia Calafange encontrou-se com o artista transformista no aeroporto. Centenas de repórteres ansiavam saber quem o contratou para atuar no Congresso Nacional, nas Câmaras de Vereadores e nas Prefeituras. Alguns desconfiam de Manitu, outros de Tupã e de Papai Noel. Tem gente acreditando em milagres. A equipe do jornal Cloridato de Nafazolina suspeita das cobras e lagartixas amadoras. Seriam magníficas escolhas para nos representar. Segundo o Professor Hipérbato, o gênio do município e adjacências, cascavéis ,urutus e lagartixas seriam mais bem apropriadas. Respeitabilíssimos leitores, adoráveis e agradabilíssimas leitoras, a escolha é livre, democrática.
Post-scriptum: Evite repetir os políticos atuais. São honestos.

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: EBHV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.