Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
IMPACIÊNCIA (60)
Por: Juber Neves da Silva



Minha alma tem sede,
Mas meu corpo não cede;
Porque minha alma tem medo,
Do que está em segredo!

Ah essa mal falada prudência!
Que sem sua anuência,
Te deixa sem paciência,
Ao se sentir em petulância.

Meus pensamentos em desalentos:
Às vezes sonolentos;
Às vezes violentos;
Refletem nos comportamentos!

Ah essa alma que quer paz!
Vive atrás
Do que satisfaz
Para ser tenaz!

Juber Neves – 03/07/2012

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: fCSW (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.