Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

ANTONIO CARNIATO FILHO
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
JARDIM DE MEUS AMORES
Por: ANTONIO CARNIATO FILHO

JARDIM DE MEUS AMORES


Quis formar o jardim de meus amores;
Todas as flores belas debocharam de mim,
Preparei um canteiro e plantei o jasmim,
Nunca pensei que magoaria todas as flores.

A Rosa enciumada brigou com a Hortência,
A violeta rastejou magoada, ao chão,
A Margarida despetalou o coração
E outras flores resignaram com paciência.

Senti que ao plantar o jardim encantado,
Esqueci-me que cada flor é referencia,
Impossível trazer no jardim guardado,

Meus puros amores e minha reverencia,
Assim, trago o coração feliz, apaixonado,
Vivendo somente u’a flor e uma essência!

ANTONIO CARNIATO FILHO – 13/12/2017

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cLZM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.