A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
GALPÃO ANGAÍ
Por: Guto del Blanco

GALPÃO ANGAÍ
( Guto del Blanco )

Galpão , coisas velhas ... vento de chuva na janela sem portal
Aguardente sangrando os tonéis
E vários sons

Cheiro de cana ..fala de sapo
desejos ....quereres bailam no ar
morno aconchego de mãos
e vários sons...

No meio da noite....no meio do mato
o papo Trilogia das paixões...

Cheiro de cana ..fala de sapo
desejos ....quereres bailam no ar
morno aconchego de mãos
e vários sons...

Tirados de brisas
forjados no ar
destinos traçados
p'rá sempre se amar

No meio da noite...no meio do mato...
o papo Trilogia das Paixões....!!

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: AUTc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.