A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
AS QUATRO ESTAÇÕES
Por: Guto del Blanco

AS QUATRO ESTAÇÕES
( Guto del Blanco )

Quatro estações
quatro luas no Céu
Quatro cantos abertos
no meu coração

Piratas , corsários
Loucuras , neóns
Oásis tão frágeis
nem meio , nem fim

Imagens , viagens
suas curvas em mim
na canga de Bali selado o teu sim
Regar nosso flor , sábio cheiro de amor
sóbrio grito de ardor
convidou a ficar

Fases , desfazes ...que fazes sem mim
que mares que , frases passaram por ti
Que vales , que cálices
Que pares ou Páris
que quases ou Quasar
caçaram a ti

Imagens , viagens
suas curvas em mim
na canga de Bali selado o teu sim
Regar nosso flor , sábio cheiro de amor
sóbrio grito de ardor
convidou a ficar

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: IIZc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.