A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
##VEIO O VENTO VEIO A TRISTEZA A SOLIDÃO##
Por: Thalya Santos

Veio o vento
Veio à tristeza e a desilusão
Veio a magoa a decepção
Veio à certeza de minha solidão
A bater na porta de meu quarto
Todo desarrumado, revirado.
Como meu pobre coração.
Veio à doença...
A descrença...
Tudo a tirar meu chão
Veio uma luz no meio da noite
Sonho ou divagação
Veio à voz
No meu ouvido
Maluco meu pensamento
Saiu desgovernado
A buscar meu bom momento
De meu sonho dourado!
Veio uma força estranha
Veio junto com a chuva e a ventania
A força mostrou que eu ainda podia
Veio na rima de minha poesia
Louca imensa vontade de dar uma virada
Minha vida ainda não estava acabada
Veio um brilho novo no meu olhar
Um sorriso ao meu rosto enfeitar
Veio minha alma criança
Veio o som de uma linda canção
Veio uma mão estendida
Apertar a minha que andava perdida
Veio o sol
Veio meu jeito de ser e amar
Veio um anjo chamado amigo
Braços fortes a me amparar
Veio lábios sedentes minha boca a beijar
Passou o temporal
Consegui me superar
Mas algo ainda não consegui mudar
Meu quarto
Há meu quarto continua revirado!

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ENPe (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.