Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Prosa
 
prosa poética...
Por: Natalia

abro as portas deste céu de onde colho palavras, lá onde me busco sem sair de mim, e lembro pequenas coisas que mordem as papoilas da minha saudade... assediam-me os sonhos, onde sou fragrância e tu o vento que me leva, basta-me o teu olhar para inventar felicidade...aquela que já é saudade infinda, vinda do tempo que não sei fechar... apagam-se os dias em si mesmos, um ar frio esvoaça sobre as palavras ainda por dizer, a noite estende-se interminável, fica a vida um nó desatado, um pressentimento do nada me assola, temendo não poder ser mais despertada...enquanto o sonho se alarga num doce dormir, deixo para trás as lágrimas que me choram e nunca me abandonam...deito os poemas nas margens do rio, nem tudo é doçura ou tranquilidade tanta coisa afecta a felicidade....

natalia nuno

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: gIQR (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.