Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 

 

 
Infantil
 
PINÓQUIO O PERNA DE PAU
Por: Adão Fernandes

Em um ensolarado domingo de manhã, Pinóquio sai com seus amigos para brincar em um bosque perto da aldeia onde moram.
Eles brincaram de pega-pega, esconde-esconde e várias outras brincadeiras.
A certa altura do dia chegou um menino com uma bola e todos resolveram brincar com ela.
Pinóquio ficou todo empolgado pra jogar mas ele era muito ruim. Um verdadeiro “perna de pau”(como se diz na língua dos boleiros sobre um jogador sem talento pro futebol).
Começa o jogo e de repente a bola vem na direção de Pinóquio e ele dá um chutão pra frente. A bola subiu muito e caiu num lago próximo dali.
Todos ficaram irritados mas Pinóquio logo se ofereceu para pegá-la. Ao tentar puxá-la pra fora do lago com um galho, Pinóquio escorregou e caiu dentro do lago.
Todos ficaram apavorados porque ninguém nunca tinha visto Pinóquio nadar e pensaram que ele ia se afogar.
Eis que de repente ele surge na beira do lago com a bola na mão chamando a galera pra continuar a partida.
Todos começam a perguntar onde Pinóquio havia aprendido a nadar e ele sorrindo disse que não sabia nadar. Continuou dizendo que ele era de madeira e madeira flutua na água.
E todos saíram rindo e aliviados por Pinóquio estar bem e o jogo seguiu.

Adão Fernandes

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: EaLP (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.