Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Experimental
 
OUTRA HISTÓRIA DO PORTÃO
Por: Adão Fernandes


Vi
Que nossa casa não é mais da cor que escolhi
Que o carro que te dei não está mais aqui
Tentei abrir com minha chave o portão
Não consegui e fui entendendo tudo então

Vi
Que o meu retrato da parede você já tirou
Quando entrei o meu cachorro me estranhou
Sempre ao me ver ele latia a sorrir
Hoje ele latiu tentando me agredir

Eu sei
Que não devia te deixar sozinha aqui
Que fui covarde quando decidi partir
Por causa de uma briga tola entre nós

Eu sei
Que agora é tarde e nosso tempo já passou
Abri meus braços e os seus você cruzou
Sei que está na hora de dizer adeus

Vi
Que em nossa cama agora tem um travesseiro só
Acho que seu amor por mim já virou pó
Desculpe por ter vindo assim sem avisar
Mas você não quis atender o celular

Vou
Pegar o que sobrou das coisas que deixei
Vou sair pela mesma porta que entrei
Já que demonstra não querer mais nem me ouvir
Vou enxugar meu pranto e já vou sair

Adão Fernandes

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: RMaL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.