Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 
Trova
 
pássaro sem norte...trovas soltas
Por: Natalia


meu semblante se altera
perante o vazio do papel
o coração vazio espera
e há arrepios pela pele

estas linhas m'corroem
minha memória inventa
que as dores q'me doem
são dores q' a tristeza tenta

fumo do sonho m'invade
vive em mim... livre sorte!
brasa da vida a saudade
pássaro razante sem norte

a sonolência q' se instala
é gadanha vagabunda
que na memória resvala
deixando angústia profunda

tudo foi e o que me resta
é o fel de alguma ruga
esperada sentença esta
para a qual não acho fuga

mente-me a noite e o dia
calo-me perante a sombra
sinto o peso da melancolia
meu caminho se emsombra

expectantes meus sentidos
sob os clarões do instante
esquecem momentos vividos
vivem este tempo agitante...

natalia nuno

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: EJVF (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.