Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 

E-mail:
Senha
       
        Cadastre-se
Esqueci minha senha
Homepage
Pensadores
Lazer e informação
Citações
Textos Fantásticos
Poemando
Provérbios
Estatuto do poeta
Peão diz cada uma!
Bíblicos
Contos e poemas de Natal
Básico de violão
Livrarias
Informática
Artes
Jornais
Revistas
Música
Televisão
Infantil

MUSIPOEMA

MUSIPOEMA
A HISTÓRIA DO ROCK IN ROLL
SER MÃE
AMIGO É...
AMAR É...
 

 

Busca

 
 
 
Infantil
 
Verdinha a Borboletinha.
Por: Juliana

Era uma vez, uma lagartinha que morava num jardim. Seu nome era Verdinha pois era da cor verde de tanta folhinha que comia das plantas.
Ela tinha muitos amigos, como o senhor Caracol, a dona Formiga, a dona Joaninha, o Tatu Bolinha, e outras lagartinhas.
Era verão e ela se escondia por entre as folhas para não se desidratar. Chegou o outono e nossa amiga verdinha, começava a mudar de cor, para branca e preta.
Logo ela começava a tecer com fios de ceda seu casulo. Onde passaria boa parte do outono e todo inverno, no quentinho dormindo, protegida pelas grandes folhas de Antúrios do jardim.
Logo o tempo esfriou e Verdinha, entrou no seu casulinho e fechou a portinha e dormiu.
Enquanto ela dormia, papai do céu deu de presente para ela um par de asas lindo, a transformando em uma borboleta. Assim se deu o fenômeno natural da metamorfose.
Depois de um ano, na primavera, Verdinha acordou, abriu uma janelinha para olhar o dia e viu que o sol voltou a raiar e o céu estava azul . Foi então, que ela tentou sair pela portinha que abriu no casulo, mas não conseguiu sair e pensou:
__ Será que cresci demais enquanto dormia ?
Tentou novamente sair, mas não conseguiu. Então resolveu rasgar o casulo . Logo sentiu a brisa primaveril tocar suas costas. Sentiu cócegas feitas com... Penas!?
Verdinha então olhou para traz e viu que tinha um novo e lindo par de asas.
Disse:
__ Obrigada Papai do céu agora eu posso voar, que emoção!!1 não preciso mais me arrastar. __ Gritou e voou pelo jardim.
Ganhou novos amigos co o pássaros, abelhas e outras borboletas.

Logo se sentiu cansada de voar e pousou numa rosa do jardim. Estava perto da hora do almoço e ela ainda tinha que aprender a se alimentar como borboleta.
Olhou para o lado e viu uma borboleta branca voando por ali e pediu:

__ Amiga, você pode me ensinar como as borboletas se alimentam? __ A borboleta branca respondeu: __

__Posso sim. Nós borboletas com as nossas anteninhas sugamos o néctar das flores . Eles seguem o caminho das anteninhas e chegam na nossa boquinha.

__Verdinha agradeceu a amiga branca.
Na rosa onde estava, Verdinha aprendeu a se alimentar .

Como borboleta, Verdinha viveu feliz, admirando as cores e formas das diferentes flores e plantas do jardim.
e conheceu um novo mundo: O s Jardins vistos do alto.

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: edIC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.