Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Resenha
 
A mulher que morreu de amar
Por: Ricardo Sales

Essa era, ou melhor é, graduada em ser idiota e pós graduada em gostar de sofrer, como pode não ouvir o que todos dizem, pai, mãe, irmãos, primos, amigos, chefes, até o Wonder vê, só você não vê! Já me disseram que ai tem... Não é possível que seja só isso. Deve ser ameaça de morte, ou coisa assim, porque se não pode dar o guinness de idiotice. Prefiro acreditar que tenha algo mais, porque se isso é amor, acabo de descobrir que amar é ser idiota ao extremo.

Amor não é isso é se torturar, se agarrar numa esperança e afundar junto com ela, isso chega ao ponto de internação essa mulher precisa de ajuda, pelo amor do bom Deus, quando se perde a noção do que é o minimo de atenção, afeto, quando uma falsa promessa enche o coração de uma esperança burra, esse é o limite, o limite do aceitável, eu me desespero não por não poder ajudar mais, um tapa na cara talvez ajudaria de alguma maneira mas ainda não tenho toda essa intimidade.

Porcaria, não

(...) Não pude terminar meu texto porque fui atrapalhado por alguém que realmente merece minha atenção!

 Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FGeU (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.