A casa dos grandes pensadores A casa dos grandes pensadores

| Home | Introdução | Autores | Construtor I Espaço do leitor | Fale conosco PubliqueBusca no site I

IRON MAIDEN

KILLERS

Retornar

Wrathchild
(Harris)

I was born in a scene of griness
And greed of dominance and persecution
My mother was a queen
My dad I've never seen
I was never meant to be
And now I spend my time looking all around
For a man that's nowhere to be found
Until I find him I'm never gonna stop searching
I'm gonna find my man
Gonna travel around

Cos i'm a wrathchild
Well I'm a wrathchild
Yeah I'm a wrathchild

I'm coming to get you
Say it doesn't matter
Ain't nothing gonna alter the course of my destination
I know I've got to find some serious peace of mind

Criança Furiosa
(Harris)

Eu nasci em uma cena de gargalhadas
E fome de dominação e perseguição
Minha mãe era uma rainha
Meu pai eu nunca vi
E também nunca fiz questão
E agora gasto meu tempo procurando por todo lado
Por um homem que não tem onde ser encontrado
Até que eu o ache nunca irei parar de procurar
Eu irei achar meu homem
Vou viajar por aí

Porque sou uma criança furiosa
Bem, eu sou uma criança furiosa
Sim, eu sou uma criança furiosa

Estou chegando para te pegar
Diga que não se importa
Nada vai alterar o curso do meu destino
E sei que devo encontrar alguma paz de espírito

(A letra é sobre um homem que procura achar
e se vingar do pai.)

Muders In The Rue Morgue
(Harris)

I remember it as a pain day
Althought it happened in the dark of the night
I was strolling through the streets of Paris
And it was cold it was starting to rain
And then I heard a piercing scream
and I rushed to the scene of the crime
But all I found was butchered remains
of two girls lay side by side

Murders in the Rue Morgue
Someone call the gendarmes
Murders in the Rue Morgue
Run before the killers go free

There's some people coming down the street
At least there's someone heard my call
I can't understand why they're pointing at me
I never done nothing at all
But I got some blood on my hands
Because everybody's shouting at me
I can't speak french so I couldn't explain
And like a fool I started running away

And now I've got to get away from the arms of the law
All France is looking for me
I've gotta find my way across the border for sure
Down south to Italy

Murders in the Rue Morgue
Running from the gendarmes
Murders in the Rue Morgue
I'm never going home

Well I made it to the front of one block
But I can't wipe the scene from my mind
And the gendarmes are chasing me
Well I just started running around
Well I'm moving through the shadows tonight
Away from the staring eyes
Any day they'll be looking for me
Cause I know that I show the signs of...

Murders in the Rue Morgue
Someone call the gendarmes
Murders in the Rue Morgue
Running from the arms of the law

It was the law on my trail
I'm running out of places to hide
Should I return to the scene of the crime
When it's you they're looking for
If I could go directly to hell
To get me out of trouble for sure
But I know that it's on my mind
And I've got to say I've done it before

Murders in the Rue Morgue
They've gone for me
Murders in the Rue Morgue
I'm never going home

Assassinatos da Rua Morgue
(Harris)

Eu lembro que foi um dia doloroso
Embora tenha ocorrido na escuridão da noite
Eu estava passeando pelas ruas de Paris
E estava frio, começando a chover
E então eu ouvi um grito lancinante
e eu corri para a cena do crime
Mas tudo que achei foram restos despedaçados
de duas garotas deitadas lado a lado

Assassinatos na Rua Morgue
Alguém chame os gendarmes (1)
Assassinatos na Rua Morgue
Corra antes que os assassinos sejam soltos

Havia alguma pessoas descendo a rua
Ao menos alguém ouviu meu chamado
Eu não conseguia entender porque eles me apontavam
Eu não havia feito absolutamente nada
Mas tinha algum sangue em minhas mãos
Porque todos gritavam para mim
Eu não falo francês, então não podia explicar
E como um bobo eu comecei a correr para longe

E agora eu tenho de fugir dos braços da lei
Toda a França procura por mim
Eu tenho de conseguir atravessar a fronteira
Ao sul para a Itália

Assassinatos na Rua Morgue
Fugindo dos gendarmes
Assassinatos na Rua Morgue
Eu nunca estou indo para casa

Consegui chegar à frente de um quarteirão
Mas não consigo tirar a cena de minha mente
E os gendarmes estão me caçando
Eu simplesmente comecei a fugir
Eu estou me movendo pelas sombras hoje à noite
Fugindo dos olhares
Qualquer dia eles estarão procurando por mim
Pois eu sei que mostrei os sinais dos...

Assassinatos na Rua Morgue
Alguém chame os gendarmes
Assassinatos na Rua Rua Morgue
Fugindo dos braços da lei

Era a lei em minha busca
Eu corro de lugares para me esconder
Devo retornar à cena do crime
Quando é a você que eles procuram
Se eu pudesse iria direto ao inferno
Para ficar livre de problemas com certeza
Mas eu sei que está em minha mente
E eu teria de dizer que fiz isso antes

Assassinatos na Rua Morgue
Eles aconteceram por minha causa
Assassinatos na Rua Morgue
Eu nunca estou indo para casa

(1) Gerdarmes é como é chamada a polícia francesa.

(A letra aborda o romance de mesmo nome de
Edgar Alan Poe. O protagonista presencia um
assassinato e é acusado do crime.)

Another Life
(Harris)

As I lay here lying on my bed,
sweet voices come into my head
Oh what it is, I wanna know,
please won't you tell me it's got to go
There's a feeling that's inside me,
telling me to get away
But I'm so tired of living,
I might as well end today

Outra Vida
(Harris)

Enquanto fico aqui deitado em minha cama,
doces vozes vêm em minha cabeça
O que é isso? Eu quero saber.
Por favor não me diga que tem que ir
Há um sentimento que está dentro de mim,
me dizendo para ir embora
Mas estou tão cansado de viver,
eu devo terminar algum dia

Innocent Exile
(Harris)

My life is so empty, nothing to live for
My mind is all confusion, 'cos I defied the law
When you weren't there to help me,
I lost my mind and ran
I never had no trouble before this all began

I'm running away, no where to go
I'm lost and tired and I just don't know.
Yeah... They say I killed a woman, they know it isn't true
They're just trying to frame me, and all because of you.

Exílio Inocente
(Harris)

Minha vida é tão vazia, nada por que viver
Minha vida é toda confusão, porque eu desafiei a lei
Quando você não estava lá para me ajudar,
eu perdi minha cabeça e corri
Eu nunca tive problema antes de tudo isso começar

Eu estou fugindo, nenhum lugar para ir
Estou perdido e cansado e simplesmente não sei
Dizem que matei uma mulher, sabem que não é verdade
Eles apenas tentam me incriminar, e tudo por sua causa

(Um inocente é obrigado a viver fugindo pois o culpam
pela morte de uma mulher. Talvez seja uma continuação
da música Murders In The Rue Morgue.)

Killers
(Harris, Di'Anno)

You walk through the subway,
his eyes burn a hole in your back
A footstep behind you, he lunges prepared for attack
Scream for mercy, he laughs
as he's watching you bleed
Killer behind you, his blood lust
defies all his needs

My innocent victims are slaughtered
with wrath and despise
The mocking religion of hatred that burns in the night
I have no one,
I'm bound to destroy all this greed
A voice inside me compelling to satisfy me

I can see what a knife's meant to be
And you'll never know how
I came to foresee, see, see

My faith in believing is stronger than lifelines and ties
With the glimmer of metal my moment is ready to strike

Death call arises, a scream
breaks the still of the night
Another tomorrow, remember to walk in the light
I have found you, and now there is no place to run
Excitement shakes me, oh God help me what have I done?
Oh yeah, I've done it!

Oh look out, I'm coming for you!

Assassinos
(Harris, Di'Anno)

Você anda pelos subterrâneos,
os olhos dele queimam um furo em suas costas
Um passo atrás de você, ele espera preparado para atacar
Grite por misericórdia, ele gargalha
enquanto observa você sangrar
Assassino atrás de você, seu desejo de sangue
despreza sua coragem

Minhas vítimas inocentes são mortas
com ódio e desprezo
A religião zombeteira de ódio que queima na noite
Eu não tenho ninguém.
Sou obrigado a destruir toda a ganância
Uma voz dentro de mim me compele a me satisfazer

Eu posso ver o que uma faca significa
E você nunca virá a saber como
eu posso ver adiante, ver, ver

Minha fé em acreditar é mais forte que destino e laços
Com o brilho do metal chegou o momento de atacar

O chamado da morte surge, um grito
quebra a monotonia da noite
Outro amanhã, lembre-se de andar pela luz
Eu te achei, e agora não tem para onde correr
A excitação me balança. Deus me ajude, o que eu fiz?
Sim, eu fiz!

Preste atenção, estou chegando a você!

Prodigal Son
(Harris)

Listen to me Lamia, listen to what I've got to say
I've got these feelings, and they won't go away
I've got these fears inside that'll bring me to my knees
Oh help me Lamia
or I'm sure I'll die, oh please

I feel unsettled, now I know that I've done wrong
I've messed around with mystic things and magic too long
I feel I'm being paid
with this nightmare inside me
The devil's got a hold on my soul
and he just won't let me be

I'm on my knees, oh help me please
I'm on my knees, help me please

Oh Lamia please try to help me
The devil's got a hold of my soul
and he won't let me be
Lamia I've got this curse, I'm turning to bad
The devil's got a hold of my soul,
and it's driving me mad

Filho Pródigo
(Harris)

Ouça-me, Lamia, ouça o que eu tenho a dizer
Tenho esses sentimentos, e eles não desaparecerão
Tenho esses medos aqui dentro que me porão de joelhos
Ajude-me, Lamia,
ou tenho certeza que irei morrer, por favor

Eu me sinto inseguro, agora eu sei que errei
Eu brinquei com coisas místicas, mágica, por muito tempo
Eu sinto que tenho sido pago
com este pesadelo dentro de mim
O demônio tem domínio sobre minha alma
e ele simplesmente não me deixa

Estou de joelhos, ajude-me, por favor
Estou de joelhos, ajude-me, por favor

Lamia, por favor tente me ajudar
O demônio tem domínio sobre minha alma
e ele não me deixará em paz
Lamia, eu trago esta maldição, estou me tornando mau
O demônio domina minha alma,
e isto me deixa louco

Purgatory
(Harris)

Thinking of an age old dream,
places I have never seen
Fantasies lived times before
I split my brain, melt through the floor

Over clouds my mind will fly,
forever now I can't think why
My body tries to leave my soul
Or is it me, I just don't know
Mem'ries rising from the past,
the future's shaddow overcast
Something's clutching at my head,
through the darkness I'll be led

Oh another time, another place
Oh another smile on another face
When you see me floating up beside you
You get the feeling that all my love's inside of you

Please take me away, take me away, so far away

Purgatório
(Harris)

Pensando em um velho sonho da velhice,
lugares que nunca vi
Fantasias vividas em tempos passados
Eu despedaço meu cérebro, se espalha pelo chão

Sobre nuvens minha mente irá voar
para sempre, agora não entendo porque
Meu corpo tenta abandonar minha alma
Ou sou eu? Eu não sei
Memórias renascendo do passado,
a sombra do futuro nublado
Alguma coisa aperta minha cabeça,
pelas trevas serei guiado

Outro tempo, outro lugar
Outro sorriso em outra face
Quando você me olhar flutuando ao seu lado
Você sentirá que todo meu amor está dentro de você

Por favor me leve, me leve, para longe

Drifter
(Harris)

Walk away!

Look out now, baby won't you take me away
Sittin' here its gonna be a new day
Gotta sing my song and I can't go wrong
Gotta keep on roaming,
gotta sing my song

What you feeling when you hold me tight?
I'm gonna cuddle up with you tonight,
gonna get you feeling so secure
Listen child, don't you see there's a cure?
Anywhere got to get you away,
feels so good think it's gonna be a new day
I'm gonna get my song till I can't go on
I'm gonna keep on roaming gonna sing my song

I want you to sing it, sing it, sing it, sing it along
I want you to sing it, sing it, sing it, sing it along

Nômade
(Harris)

Ande!

Olhe agora, baby, você não vai me levar embora?
Sentando aqui será um novo dia
Vou cantar minha música e não posso me enganar
Tenho que continuar vagando,
tenho de cantar minha música

O que você sente quando me abraça apertado?
Vamos nos acariciar hoje à noite,
vou te fazer sentir tão segura
Ouça, criança, não vê que existe uma cura?
Lugar nenhum pode ser longe,
é tão bom pensar que vai ser um novo dia
Eu vou fazer minha música até não poder mais
Vou continuar vagando, vou cantar minha música

Eu quero que você a cante, cante, cante, cante
Eu quero que você a cante, cante, cante, cante