Agonia
     

A casa dos grandes pensadores
 

ALBERTINO FERNANDES NETO

 

 

 

 

DISTÂNCIA
 
Porque tão longe te encontras,
Porque me escapas a um tanto,
Se nas rodas viva da vida,
Te busquei na exaustão e no entanto,
Sugaste minhas forças com magia,
Deixando-me vazio sem encanto.
 
Roubei-te sorrindo teus dias,
Roubaste-me as noites sem ver,
Esqueci-me a razão e a vida,
Aprofundando tanto em saber,
Que destemido lancei-me a ti,
Esquecido da dor de não ter.
 
E não ouço que dizem teus olhos?
Nem vejo o que falas a mim?
Só teu silencio me perturba o sono,
E teu cheiro não me afeta assim,
Me afano em descobrir tuas cores,
Não sei se branco, negro ou carmim.
 
Albertino Fernandes (Pensa-me)

 www.paralerepensar.com.br